Asa com isopor de papelaria

Sou um aeromodelista fissurado nas construções dos meus próprios aviões e muitas vezes tenho dificuldades de encontrar isopor de uma densidade mais rígida, sendo assim, comecei a utilizar em minhas construções isopor de papelaria, o chamado P0. Depois vou postar para vocês a construção do avião, mas por enquanto, vou comentar em detalhes como foi feita a construção da asa.

Eu comprei uma placa de de isopor P0 e não P3 ou P5 para fazer um teste. Eu montei um perfil onde a asa terá 2 cm de espessura na sua área mais grossa. Você pode optar também por uma asa mais grossa do que essa, já que o isopor P0 é bem leve, como por exemplo, 3cm ou até mesmo 4cm.

Corte do Perfil

Eu utilizei um programa chamado Profili 2.0 para escolher o perfil da minha asa. Recomendo a compra do produto, pois creio que a versão FREE não será possível redimensionar no tamanho correto.

Quando abrir o programa, escolha o menu “Airfoils” e depois a opção “Airfoils management” e uma lista de perfis serão disponibilizadas. Eu usei o perfil abaixo:

Bom, eu imprimi com 14cm na base da asa para que encaixasse exatamente no espaço da asa para o meu aeromodelo. Depois da impressão, você terá que fazer dois moldes em alguma superfície rígida, como madeira, cartolina, papelão, alumínio, etc… ficando dessa forma:

Corte da Asa

Com os moldes do perfil, você cortará dois retângulos de 14cm por 50cm do seu isopor, dessa forma, quando você fizer a união dos dois pedaços terá uma asa de 1 metro utilizada na maioria dos aeromodelos treinadores elétricos.

Em cada uma das extremidades você vai ter que fixar o molde do perfil com alfinetes, ficando dessa forma:

Após essa fixação, precisará de um cortador de isopor para fazer o corte do perfil e existem diversos a venda na internet. Você precisará de um que seja possível cortar uma peça de 50cm que geralmente são vendidos em lojas de artesanato. Eu não comprei o meu, fiz por conta própria, porém, por utilizar energia elétrica e por existir a possibilidade de choques elétricos prefiro não descrever aqui como foi feito e indico a compra. Para cortar, você passará o fio na horizontal, como mostra a imagem abaixo:

O resultado será esse após o corte:

União das duas metades

Para a união das duas partes, utilizei bastante cola quente entre as peças e em um dos lados eu coloco uma caixinha de fósforo pequena em pé. Essa caixinha fará o diedro da asa.

Reforços

Uma grande diferença entre uma asa em P0 e uma asa em P5 serão os reforços, por exemplo, uma asa feita em isopor P5 você possui um reforço de fibra em cima e um embaixo, enquanto uma asa em P0 serão necessários 4 reforços, dois em cima e dois embaixo, ficando assim:

As varetas devem possuir 1 metro cada uma, ou seja, medida suficiente para que sejam fixadas de uma ponta a outra da asa. Eu fixei com cola quente mesmo e já fica a dica de que vai bastante cola nesse caso.

Para fazer as canaletas para encaixar as caretas eu utilizei um soldador velho que eu tinha em casa e para não ficar torto o corte, uma régua de madeira de um metro foi utilizada como guia. As canaletas ficaram com uma profundidade suficiente apenas para encaixar a vareta, não façam muito funda para não utilizar muita cola quente.

Depois é só entelar com fita adesiva, colocar os ailerons e está pronto! Se quiserem, procurem por “scout” aqui no site que verão o aeromodelo que fiz com esse material voando.

Equipe Na Frequência Certa

Compartilhar:
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • RSS
  • Twitter
  • Add to favorites
  • LinkedIn
  • MSN Reporter
  • MySpace

Uma ideia sobre “Asa com isopor de papelaria

  1. Quando eu construí a asa daquele meu Piper J3 que me deu o segundo lugar no concurso aqui do site, eu também fiz a asa desta mesma forma. Só que usei o esopor P3.
    Parabéns pelo tópico, acredito que vbai ajudar muita gente.
    Abraço.
    Juliano